“Agora todo mundo tem medo de me mandar áudio”, ao Anelis Assumpção ao usar trechos de Whatsapp em músicas

Aclamado pela mídia especializada, “Taurina” é o recém-lançado terceiro disco de Anelis Assumpção, que é a convidada do podcast Aos Cubos nesta quarta (11.04). Este é o encerramento de uma trilogia, apontando para um futuro em que ela pretende ter um som novo, desfrutar de novas companhias, mas ainda é muito cedo para pensar nisso. Afinal, o disco vive um momento muito bom.

No episódio de número 52, a cantora fala como resolveu utilizar as gravações de Whatsapp com Ava Rocha, Liniker Barros (da banda com os Caramelows), Tulipa Ruiz, Céu e Talma de Freitas. “Eu fico achando isso muito engraçado, ainda que eu tenha tornado público, são mensagens privadas. Agora ninguém mais quer me mandar áudio no Whatsapp. Nos shows, uso outros. E aí tá todo mundo com medo de mandar áudio pra mim. Mesmo que eu tenha tornado público, continua sendo privado porque você nunca vai saber do que que a gente estava falando. É um pedaço de ideia, colado dentro de outra coisa, que pra mim vira poesia”, ri, que foi desencorajada por Beto a usar essas potências vocais. “Deu muito certo”, comemora.

Ela também reforça que a Cultura vive um momento muito difícil no meio dessa crise política, deixando de ser prioridade e virando assunto de terceiro ou quarto planos. “Infelizmente, a gente está num momento muito estranho. (…) Se a gente fosse viver de virtualidades… se desse pagar aluguel (com isso). Podia dar”, ri.

Anelis ainda comenta sua relação com o legado de seu pai, Itamar Assumpção (1949 – 2003). “Eu não fico cansada (de quererem colocá-lo como fantasma na minha carreira). Claro que tem muita gente que não me conhece, muita gente que não conhece o trabalho do meu pai, e preciso ter a paciência de repetir a mesma resposta. E às vezes não tem um sentimento ali, isso me incomoda, quando eu burocratizo isso. Incomoda, mas não me cansa”. Ela afirma que tem aprendido a lidar com isso e amadurecido. “Me dá um pouco de desespero quando penso que ele pode ser esquecido”.

LEMBRANDO
Nossos programas vão ao ar todas as terças, às 15h30, na Rádio Sens, e às quartas entram nos agregadores de podcast, Soundcloud, iTunes e Deezer. Às quintas, nosso conteúdo entra no Site RG.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *