Além de documentário, Marina Lima quer disco novo para 2015

SITE_RG

Por André Aloi, especial para o Site RG (Foto: Arthur Vahia)
O texto abaixo é uma r
eprodução; veja a publicação original

[hr]

Disco novo, musical, documentário, incursão pelo teatro… Projetos para 2015 não faltam para Marina Lima encaixar em sua agenda. A cantora me recebeu em seu camarim, no último domingo (09.11), depois de um pocket show no “Sol Sunday Sessions”, organizado pela cervejaria Heineken (responsável pela produção da cerveja Sol Premium), que Marina fez questão de participar depois de saber das apresentações de Marcelo Jeneci e Bebel Giberto. “Adorei encerrar!”, contou.

Leia mais

Demi Lovato: "Um dia sem paparazzi seria bom para ir à praia"

Desde que desembarcou no Brasil, Demi Lovato é alvo dos paparazzi. Pegaram ela com travesseiro na mão saindo do avião, depois na sacada no hotel dando tchau para os fãs… Aqueles títulos do saudoso  “Você Não Pode Dormir Sem Saber”, do Furo, da extinta MTV Brasil. Sabendo disso, durante a coletiva de imprensa que rolou no Citibank Hlal nesta terça-feira (22), perguntamos à cantora de 21 anos o que ela faria se pudesse ter um dia normal, longe das câmeras. A resposta, registrada no vídeo acima, tem essa legenda:

Se eu pudesse ter um dia normal com a família, gostaria de ir à praia. Não importa onde… Ou ter um dia na piscina, e não me preocupar se estão tirando foto de mim. Um dia em que eu pudesse ficar livre dessa preocupação.

Ah, a resposta foi fraquinha, né? Mas tudo bem. Abaixo selecionamos outros trechos da entrevista coletiva, onde ela falou que trouxe sua família para conhecer o Brasil, o assédio dos fãs e o porquê das mudanças de cabelo. Ah, e deixamos também a transcrição da saia justa, envolvendo uma repórter que perguntou se ela seria fã de Selena Gomez e Miley Cyrus e ela se recusou a responder.

Demi está no Brasil para lançar a edição de luxo de seu mais recente disco “Demi”, que chega às lojas na sexta-feira (25) de acordo com a Universal Music. O motivo do encontro com os jornalistas era esse lançamento e também divulgar a série de shows que faz pelo Brasil, com a “The “Neon Lights Tour”.

Nesta terça, ela esteve no Citibank Hall emSão Paulo (texto em breve!) e terá “replays” na quinta e na sexta (dias 24 e 25, respectivamente). Ela também se apresenta no Rio de Janeiro, no Citibank Hall, nos dias no domingo (27) e segunda (28), além de Brasília (30). A turnê segue por BH, no Chevrolet Hall (1º de maio),  e termina no dia 3 em Porto Alegre, no Pepsi on Stage. [hr]

LEIA TAMBÉM: Demi Lovato se nega a falar sobre Miley Cyrus e Selena Gomez [hr]

Você trouxe toda sua família para o Brasil… Eles estavam preparados para ver toda essa demonstração de amor e carinho dos fãs brasileiros?

DEMI LOVATO – Acho que os preparei um pouco demais… Falávamos: vocês não têm ideia do que vai acontecer. Vai ser demais! Eles estavam um pouco preocupados quando chegamos, no aeroporto, que a ter muita gente lá. Mas a equipe de segurança cuidou de tudo, e correu tudo bem. 

É impossível fazer uma preparação até que eles vejam, de fato, todo o amor, apoio, animação e paixão dos lovatics brasileiros. Posso dizer o que quiser, mas só vão entender quando presenciarem… Ver que tem gente correndo atrás do carro, gritando o nome deles na porta do hotel, tentando atrair a atenção deles também. Como disse, toda vez que venho, ganha uma proporção maior. Eu me sinto cada vez mais apaixonada por eles.

O Dia das Mães está chegando no Brasil. Queria saber qual foi a grande lição que você aprendeu com a sua ou se já escreveu alguma coisa para ela.

DL – Minha mãe está aqui (comemorando!). Aprendi muitas coisas com ela, mas a mais importante foi que não importa pelo que você passe – e ela passou por muita coisa – ela é sempre positiva… Ela é a pessoa mais animada que conheço e as pessoas a admiram por esse espírito que ela tem. Se as pessoas soubessem o que ela já passou, gostaria ainda mais dela. Ela me ensinou o verdadeiro significado de ‘Stay Strong’(Fique firme, em tradução livre), e sorrindo.

Você sempre muda o cabelo. Qual sua inspiração e o que te faz decidir por determinada cor?

DL – A minha única forma de me rebelar é mudar a cor do cabelo. Quando fica entediada, uma garota normal de 21 anos pode sair, fazer umas loucuras, sair jogando e quebrando coisas. Eu não posso. Então, quando fico entediada, penso: ah, vou pintar meu cabelo de rosa. É a minha loucura. Mas eu posso dizer que estou cansada de mudar tanto a cor do meu cabelo. Eu vou dizer isso agora, mas eu não tenho certeza: eu não vou mudar, mas pode ser que na semana que vem ele esteja com uma cor diferente de novo. E tatuagens.

É uma pergunta muito injusta porque as duas são suas amigas. Mas se você fosse adolescente hoje em dia, você seria fa de Selena Gomez ou Miley Cyrus?

DL – Seja lá o que você tenha perguntado, eu não vou responder. Eu não quero nem saber o que ações você perguntou (brincando, mas de forma irônica). Isso pode tomar grandes proporções sobre quem é quem. Queria deixar claro que não entendi o que você disse. Honestamente, eu vim aqui falar sobre a minha música. De forma respeitosa, vou negar sua pergunta.

demi3

Leia mais

Demi Lovato se nega a falar sobre Miley Cyrus e Selena Gomez, em SP

Demi Lovato participou de uma coletiva de imprensa, nesta terça-feira (22), no Citibank Hall, em São Paulo. Na conversa, a cantora de 21 anos se negou a responder a uma pergunta envolvendo Miley Cyrus e Selena Gomez mesmo antes que a tradutora pudesse direcionar a pergunta, que não tinha nada demais. Uma repórter questionou de quem ela seria fã se fosse adolescente hoje em dia, apesar de ser amiga das duas.

Leia mais

Mark Potter, do Elbow, fala da vontade de visitar o Brasil e anuncia próximo CD para o fim de 2013

No fim de janeiro, eu tive a oportunidade de conversar com o guitarrista Mark Potter, da banda britânica Elbow, a convite da Universal Music. Durante o bate-papo de 15 minutos,  o guitarrista falou sobre a vontade que tem em conhecer o Brasil, o anúncio de lançamento do próximo CD para 2013, e o que ele pensa sobre a geração britânica no mainstream, como Adele e Florence + The Machine.

Como algumas entrevistas minhas resolvem ter sempre um empecilho, desta vez não foi diferente. Eu estava no meio do trânsito no dia do Aniversário de São Paulo, por volta das 13h, e encostei o carro em um posto de combustível na Marginal Pinheiros, e de lá, por celular, aconteceu a conversa que vocês conferem à seguir.

Leia mais

Cine se distancia do 'happy rock' para apostar no eletrônico em novo CD

O visual monocromático e comportado da capa e fotos do photoshoot para o CD “Boombox Arcade” – participe da promoção, valendo kit autografado! – entrega que DH (vocal), Bruno (vocal e baixo), Dan (guitarra e programações) e Dave (vocal e bateria) da banda Cine estão alçando novos voos. Mais maduro, o grupo quer se livrar do rótulo de “happy rock” (movimento que ganhou força com eles e Restart), fazendo agora um som mais eletrônico e que se assemelha ao de artistas como LMFAO e Black Eyed Peas – que, segundo os próprios, são uma referência para o novo material.

Leia mais

Sandy: "Para a felicidade completa falta a maternidade"

 Fotos: Deco Rodrigues e Orlando Oliveira/AgNews

 Sandy lançou, na Chácara Santa Cecília em São Paulo, o DVD “Manuscrito – Ao Vivo” (Universal Music) nesta quarta-feira (9). O show da sua primeira turnê solo chegará às lojas em 24 de novembro em três formatos: CD, DVD e um combo (CD+DVD). O Blu-ray está previsto para 2012. Em entrevista à imprensa, ela falou sobre os planos de engravidar.

Leia mais

Hanson: 'não vamos obrigar nossos filhos a seguir carreira na música'

Fotos cedidas por Anne Santos e Rafael Koch, da T4F 

Antes do show em São Paulo neste domingo (6), o trio de irmãos Hanson (o mais velho, Isaac, de 30 anos; Taylor, de 28; e Zac, 26) recebeu a imprensa no Citibank Hall, em São Paulo, para uma conversa. Na coletiva, perguntei – já que foram “acusados” de ter mais filhos do que hits -, se eles apoiariam caso os pequenos resolvessem seguir a carreira musical. A resposta foi objetiva como o título deste post. E o que mais eles falaram sobre família, carreira e a dedicação às causas sociais, vocês lêem abaixo.

Leia mais