'Disney on Ice' dá volta ao mundo através dos filmes da marca

[alert type=”error”]  CUIDADO: ESTE TEXTO CONTÉM SPOILERS [/alert]
O espetáculo musical “Disney on Ice” – que está em cartaz no Ginásio do Ibirapuera, na capital paulista – oferece um resumão dos filmes do estúdio: O Rei Leão, A Pequena Sereia, Lilo & Stitch e Peter Pan. As diferenças, como o nome sugere, são o corpo de baile, as performances e coreografias no rinque de patinação – com direito a muita magia envolvendo pirotecnia e efeitos visuais, como voos, fumaças, projeções etc.

O programa é um passeio para a família, em especial as crianças, que vão à loucura quando reconhecem os personagens e suas histórias. Em duas horas, separadas por um intervalo de 15 minutos, Mickey, Minie, Pato Donald, Margarida e pateta embarcam numa jornada pelo mundo dos sonhos, a começar pela savana africana, passando pelo fundo do mar, depois Havaí e encerrando em Londres. A cada mudança de lugar, os principais personagens entram pra animar a plateia e acenar para o público.

Apesar de começar com pouquíssimos minutos depois das 20h (horário programado), no dia da estreia – quarta-feira (7) da semana passada – ainda tinha gente sendo guiada ao seu assento com os personagens já em cena. Falta de educação, né? Mas ok… Logo o povo se acomodou para vibrar com as cenas resumidas dos clássicos, que são dubladas com as trilhas originais dos filmes. <3 <3 <3

Talvez a cena mais legal seja da derrota de Úrsula para o príncipe de Ariel na esquete de “A Pequena Sereia” (foto acima), mas a cena é tão curtinha! 🙁  Outro momento incrível é em Peter Pan, quando todos voam suspensos por cabos de aço (foto abaixo). É muito mágico! Só não precisava um segundo ato é tão grande, que se dedica exclusivamente à história passada mezzo Londres mezzo Terra do Nunca. 😛

Com a superprodução em cartaz, ginásio se vira uma pequena Disneyland com tantos pais e crianças a tiracolo. Pra se ter ideia do cuidado que as empresas (Disney e T4F) têm com o medo de quebrar a fantasia, a imprensa não pôde fotografar os personagens de perto, então coube a nós ficar em uma das arquibancadas superiores, registrando tudo de longe. Mas, como já disse, vale o passeio se você acredita no mundo dos sonhos proporcionado pelo legado de Walt Disney. Se não curtir, será uma viagem perdida…

[hr]

Cabe no bolso?

As lojinhas de souvenirs têm preços ligeiramente “salgados”- adaptados para a economia brasileira, claro. O item mais barato é o programa: R$ 20, e os mais caros são os bonecos R$ 100. Tem squeezy por R$ 50. No intervalo do espetáculo, antes mesmo de o narrador anunciar a pausa, uma enxurrada de ambulantes “invadiram” a plateia com diferentes opções de comes e bebes. Uma pipoca com embalagem personalizada da Disney chega a custar R$ 40 (mas também tinha pela metade do preço).

Uma água sai por R$ 4, refris da Pepsi por R$ 6 e sucos a R$ 7. Fandangos ou Ruffles saem por R$6 e por R$ 9 dá pra comprar churros ou espetinho de morango mergulhado no chocolate. Uma porção individual de batata frita custa R$ 12, e crepe de chocolate ou queijo: R$ 8. Se você tem criança, prepare o bolso e boa diversão!

Talvez você também goste...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *