Em SP, Dua Lupa recebe Chris Martin “de surpresa” em show que virou balada

Dua Lipa transformou o show desta quinta-feira (09.11), na Audio Club, em São Paulo, em uma verdadeira balada. Com um setlist mesclado por explosões pop e baladas na medida, a cantora britânica recebeu o vocalista do Coldplay, Chris Martin, para um “dueto surpresa” em uma dessas mais vagarosas.

Foto: Reprodução/Instagram @maaqueirozfotografia

Enquanto tocava piano, Martin errou as notas duas vezes. Perfeccionista, na primeira vez pediu para voltar do início… Depois, fez seguir o baile como se nada tivesse acontecido. E a música nem era uma desconhecida por ele: “Homesick” (parceria dos dois, que faz parte do álbum de estreia de Dua, lançado em junho deste ano). Mas nada que atrapalhasse a noite de Dua – sua estreia no Brasil. Na noite anterior, havia aberto os shows de repeteco do Coldplay no Allianz Parque, onde gravaram DVD da tour “A Head Full Of Dreams”.

Com um setlist que os fãs sabiam de cor, o momento de catarse mesmo foi na última música do setlist: a estouradaça “New Rules”, que nem precisava, mas ela pediu pra galera acompanhar no coro. Fez até uma brincadeirinha: mandou todo mundo ir ao chão e, no ritmo da batida, ir subindo vagarosamente à posição ereta, com olhos atentos ao palco.

Antes do concerto, houve pedido da produção para aumentar o som da casa porque sabiam que os fãs iam cantar as músicas da diva do dark pop (como ela era conhecida no início da carreira) a plenos pulmões. Tímida, Dua falou poucas vezes com o público. Foi mais uma apresentação (dela mesma), da banda e das músicas do que, de fato, uma conversa.

Educada, mandou o velho clichê: “como vocês estão se sentindo?”, falou da empolgação de tocar pela primeira vez no Brasil, e, ainda sobre a animação dos fãs: “em nenhum outro lugar do mundo vi tamanha energia”, analisou. Em outro momento, falou que queria transformar aquela noite numa verdadeira festa.

A cantora britânica começou com “Hotter than Hell”, seguiu para “Dreams/Don’t Lie”, “Garden”, “Last Dance” e por aí vai… sem surpresas. Os fãs até pediram pra ela cantar “Bad Together” depois de “New Love”, mas não rolou. Em “Lost In Your Light” eles deram uma trégua às cordas vocais, mas encerraram gritando: “Dua, eu te amo”. “Thank you so much, obrigada”, disse ela em um português enrolado.

Se Dua já é muda da internet, no ao vivo, ela tem uma tremenda presença de palco. Voz idêntica ao disco é o que mais chama a atenção em sua performance, destaque para “Thinking ‘Bout You”, além das dancinhas estranhas – páreo para disputar com Lorde (veja o vídeo lá no pé!).


Fotos: Leandro Godoi/Divulgação (@audio)

Talvez você também goste...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *