'Hair' é uma das músicas favoritas de Lady Gaga no novo álbum

Após a comovente (NOT!) entrevista de Lady Gaga ao Fantástico de domingo (9), na Rede Globo, o site do programa publicou o lado B da gravação feita em um hotel de Miami por Zeca Camargo. Nas cenas que não foram ao ar no canal, a cantora revela que Hair é uma das suas cançõess favoritas do álbum Born This Way, previsto para ser lançado em 23 de maio.

E prossegue: “eu não sei (ainda se é), tenho uma favorita a cada dia, o que é bom. Acho que todo o álbum, se você escutar até o fim, vai gostar dele inteiro. Mas tem dias que você quer ouvir mais uma faixa do que outras”, comentou a cantora, afiantando que Hair fala sobre identidade: “quando eu tinha que ir para a escola de uniforme, meu cabelo era minha glória (porque podia ser diferente)”. Segundo Gaga, a música é sobre ela em vários aspectos. “Uma artista tendo que responder sobre seu ‘look’, sobre minhas escolhas. Na música, eu digo que ser meu cabelo é toda a glória que eu tenho”.

A cantora diz que vive numa área completamente diferente da música. “Quando Alice Cooper fazia shows, e Queen, Kiss e (David) Bowie, ser artístico, ser ‘avant-garde’ e excêntrico era algo a ser celebrado. Hoje eu tenho que ser implacável. Tenho que ser destemida e incansavelmente vadia. Nunca parar”, complementa. “E você nunca para. E se alguém te desafiar, você continua indo, não pode dar pra trás. Os fãs gostam porque você nunca dá sinais de fraqueza ou vacilo. Eles foram fortes comigo e eu vou ser forte com eles”.

***

***

Opinião: ao ver a entrevista de Lady Gaga, no último domingo (9), no Fantástico, fiquei um pouco atravessado. Por que raios uma entrevista daquela não podia ir ao ar antes dessa semana. Será que era apenas pelo fato do clipe de Judas ainda não ter sido lançado? O que teria acontecido para a emissora segurar mais uma semana a entrevista feita por Zeca Camargo, prevista para ir ao ar no dia 1º? Achei que alguma informação bombástica estava por vir: ou um show da loira sozinha no Brasil ou no Rock in Rio. Nem um nem outro. Até o relato de Zeca, em seu blog no G1, foi mais expressivo que a edição da entrevista. Mas ok…

***

Não viu a entrevista, veja aí. Senão, segue a íntegra.

***

Lady Gaga ao ‘Fantástico’: “Vocês me verão por uns dois anos, mas não para sempre”

Esta semana, Lady Gaga lançou um clipe polêmico, “Judas”, em que faz o papel de Maria Madalena. Zeca Camargo foi até Miami para uma entrevista exclusiva com a cantora. Os fãs de Lady Gaga já aprovaram. Outros, até se converteram. Esta semana, seu novo vídeo, “Judas”, foi comentado no mundo todo. Maria Madalena é a mais nova encarnação da diva do pop.

A última vez que o Fantástico encontrou a Lady Gaga foi em 2009 e, de lá para cá, muita coisa mudou certamente do lado de fora. Mas será que na vida dela mudou alguma coisa? Ela diz que ainda a mesma pessoa, sempre ligada à família, aos fãs e sempre muito honesta com eles. O apresentador do Fantástico observou: “Mas, em 2009, você falou a mesma coisa sobre manter família e amigos próximos. A fama não mudou isso?”

“Bem, é assim que eu sou”, explicou a cantora. Ela conta que vive ainda no mesmo apartamento em que morava antes da fama, em Nova York. E brinca: ele deve ter o tamanho da sala da entrevista. “Viver de forma mais glamourosa não é uma tentação”, pergunta Zeca. “Pelo contrário. A não ser por umas roupas, eu sou bastante econômica”, diz Gaga.

Em compensação, na maquiagem… Os ‘chifres’ que ela usa no ombro levam duas horas para serem colocados e custam alguns milhares de dólares. Mas por que não? Nas novas músicas, ela fala sobre isso: ser uma artista famosa e uma mulher comum, viver entre a fantasia e a realidade. “É como ter um monstro atrás de você o tempo todo, o monstro da fama. O que eu faço é manter sempre o foco nos meus fãs, fazer minha música para eles”. E o monstro? “Já resolvi”, diz Gaga, “dei um chute naquele lugar”.

Zeca pergunta se ‘Judas’ fala um pouco sobre isso e a conversa fica mais séria. “Judas é sobre os fantasmas que nos assombram. Ele é uma figura bíblica ligada a uma grande traição. E eu uso essa imagem para fala de coisas que te oprimem: pessoas, drogas, rebeldia. Você precisa perdoar o Judas dentro de você para seguir adiante”, conta a cantora.

Você acha que todo mundo tem um Judas dentro de si? Gaga é categórica: “Eu acho que sim. Eu fui criada como católica, e a minha religião me ensinou a negar a influência de Maria Madalena. Mas ela foi uma mulher de grande importância. Por isso, quando eu rezo, não é para um Deus homem. Eu encontro conforto em uma figura feminina, uma tia minha que morreu, a Virgem Maria ou Maria Madalena”.

Será que ela não está criando polêmica de propósito? “Mas eu preciso fazer isso. Eu não posso escrever uma música sobre o que me ensinaram a acreditar na infância e negar meus sentimentos. Seria um crime contra minha visão artística e contra os meus fãs”, defende a cantora.

Gaga sabe que hoje tudo que ela faz, diz e pensa tem uma enorme influência na cultura pop. “Tudo que eu falo vira notícia no mundo todo em cinco segundos. Quando você tem um espaço destes e suas palavras têm um impacto moral, isso não pode ser desperdiçado. Por isso, quis fazer um disco mais pessoal, sobre os meus valores, as coisas que acredito. E ficou pop, divertido, uma delícia”.

Tudo tão divertido quanto seus ‘looks’ sempre imprevisíveis e mutantes. Será que ela também se veste assim na intimidade? “Eu sou performática”, diz Gaga. “Eu sou assim sempre em público e na minha vida privada. Eu sou uma artista, uma cantora, trabalho duro. É sangue, suor e lágrimas”. Tudo isso para os fãs? “Meus fãs são tudo para mim. Eu literalmente fico deitada na cama sem conseguir dormir, olhando para o teto e pensando como agradá-los”, revela a cantora.

Zeca provoca: “O que vai ser deles, dos fãs, se, um dia, você resolver deixar o show business?” A resposta dela é um enigma. “Vocês ainda me verão por uns dois anos, mas não para sempre. Eu gostaria de ser como David Bowie. Ele é o artista mais fascinante de todos os tempos. Ele veio, arrebentou e deixou a carreira no auge, sem crises”. Ok, Lady Gaga: se essa é a sua vontade, seus súditos aguardam as próximas instruções.

Talvez você também goste...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *