King Festival coloca Recife na rota dos melhores DJs do mundo

O King Festival*, que aconteceu em Recife, no último fim de semana (dias 15 e 16), levou ao nordeste os principais DJs do mundo. Nomes como Afrojack, Steve Angello, NERVO, além do melhor DJ do mundo, Hardwell, levaram cerca de 20 mil pessoas ao Centro de Convenções de Pernambuco, colado ao Chevrolet Hall, em dois dias. A produção dá como certa uma edição para 2014.

[alert type=”success”]Fotos: Marcos Hermes/Divulgação[/alert] Além de DJs nacionais, o deste ano teve como headliners, na sexta-feira (15) de Proclamação da República, o melhor DJ do mundo, Hardwell – segundo a opinião dos leitores da revista mais respeitada do segmento, a DJ Mag -, as irmãs Mim e Liv que formam a dupla NERVO, além de Eskimo. No sábado (16), Infected Mushroom, Dr. Lektroluv, Steve Angello (ex-Swedish House Mafia), e Afrojack.

Apesar de Hardwell, as apresentações mais empolgantes – para mim – foram, no primeiro dia, a das irmãs australianas (que energia e quanta simpatia no palco e fora dele) e, no segundo, de Steve Angello. Minhas escolhas, talvez, tenham a ver porque os dois tenham sets mais compatíveis com aquilo que ouvimos nas rádios – algo mais comercial, pop… Afrojack não tive como contabilizar porque fui embora depois de algumas músicas. Mas até “Take Over Control” tava “massa”, como costumam dizer os recifenses.

A estrutura impressionou até mesmo quem está acostumado a frequentar grandes festivais no eixo Rio-SP. Um castelo medieval feito com meia tonelada de isopor ganhou forma para receber os DJs, e equipamentos incríveis de audio. “O nível de decibéis ultrapassou, por exemplo, o do show do Red Hot Chilli Peppers de São Paulo. O som aqui tá muito bom”, ouvi de alguém que fez a comparação.

O Camarote Majestic, que reuniu famosos nos dois dias, foi atração à parte. Além de um bufê completo (com comidas e bebidas à vontade, tinha ainda salão de beleza, espaço para massagem, e um estande de ativação da Cerveja Itaipava (patrocinadora do King), onde você podia posar para fotos e se tornar o #ReiDoCamarote, colocando uma coroa, uma capa… Faltou só o cetro!). Não contentes, os reis e rainhas tiveram, no sábado, um pocket-show exclusivo de Ja Rule em uma boate montada dentro do Camarote.

A proposta dos produtores é tornar a capital de Pernambuco destino anual dos melhores DJs da temporada, como já acontece em festivais internacionais (Tomorrowland, Zoo Electric, Coachella etc.), que têm data certa para acontecer, e o público se programa para ir, compra muito tempo antes, além dos brasileiros do sul e sudeste, como XXXperience (em SP) e Dream Valley (SC). Prova do sucesso é que os organizadores já garantem uma edição programada para novembro do ano que vem. Falta só confirmar as datas! 😉

[alert type=”warning”]*Viajei a Recife a convite do festival para produzir conteúdo para as redes socias do evento (Facebook e Instagram), além de organizar o Meet&Greet dos artistas com fãs. [/alert] 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *