Sem chuva, Miley Cyrus faz festa sexista para público jovem em SP

Miley Cyrus se apresentou, nesta sexta-feira (26), na Arena Anhembi, em São Paulo para um público de matinê (com pais a tira-colo). Mas isso não a intimidou. A artista usou acessórios controversos: desde máscara de seios a uma almofada em formato fálico, até um enchimento que agigantava seu bumbum. Sem contar os movimentos sensuais com pouca roupa, os vários momentos de “twerk”, as já conhecidas mostradas de língua e uma mandada de dedo do meio em um dos vídeos no telão.

15364572892_2c21556f73_z

O chove-não-molha que se arrastou durante toda a sexta na capital paulista não comprometeu o show. Em dois momentos, alguns pingos ameaçaram cair, mas não deu nem pra sentir. Foi quando então, na passarela que estendia o palco, Miley falou que a plateia estava muito seca, apesar da chuva. Encheu a boca d’água e “batizou” os que estavam colados na grade – que foram ao delírio, claro.

Com repertório mais focado em seu último CD, a festa imprópria para os menores começou às 21h10 e seguiu firme e forte até 22h54, quando terminou com a frase “Thanks for Cumming” (obrigada por gozar ou gozarem, em tradução livre). Ao subir ao palco, mostrou a língua, o bumbum, e surgiu no meio de umas cortinas metálicas de forma bem menos impactante que o elevador em formato de língua usado no braço americano da turnê.

Mas Miley estava bem à vontade no palco, querendo entreter seus fãs. “Antes me emocionava muito, mas consigo me controlar mais. Hoje vocês me emocionaram, estou prestes a chorar porque vocês estão cantando com o coração”, disse ela, completando: “sempre digo que o amor é a única coisa que importa”. Inclusive, ela quis eternizar um momento do show, quando cantou “Love Money Party”. O vídeo está no Instagram da cantora.

A banda que a acompanha é atração à parte: passa do rock pesado quase punk ao country com a mesma maestria que toca pop mainstream. Por falar nisso, não é com seu repertório que Miley mostra sua potência vocal. Nos covers é que ela se garante, de fato, como uma artista versátil. As infinitas trocas de roupa, os adereços sexuais, as dançarinas de quadril avantajado, a drag e o anão são só máscaras de auto-afirmação ou uma forma que ela encontrou de se libertar. E conseguiu… Só não deixou de cantar “Party in the USA” porque aí já seria uma forma de renegar as origens.

[hr]

Repertório

O setlist deu uma mudada frente às outras capitais da América Latina, como México e Porto Rico, para “presentear” os fãs que esperaram bastante tempo pelo primeiro show de Miley no Brasil. O anterior foi café-com-leite, em 2010, porque foi restrito a um número pequeno de convidados de uma marca de absorventes.

Por aqui, entraram covers de BeatlesEtta James Dolly Parton. A nova versão para “Lucy in The Sky With Diamonds ” com o Flaming Lips Moby tem parte dos fundos de arrecadação revertidos para um projeto da ONG Bella Foundation, que cuida de animais abandonados nos Estados Unidos. Em um dos interludes (quando passa um vídeo no telão enquanto o artista está se trocando) rolou “Fitzpleasure”, do Alt-J.

Miley Cyrus Setlist Arena Anhembi, São Paulo, Brazil 2014, Bangerz Tour

Talvez você também goste...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *