SP: Heineken “nas alturas” tem programação musical até fevereiro

Até o Carnaval parece que as coisas vão engatinhando no quesito musical em São Paulo, apesar de rolar uma coisa aqui, outra ali até a programação começar a decolar de fato. Opção é o Heineken Up On The Roof (nas alturas, em tradução livre), que abriu as portas ao público na última sexta-feira (24), e está localizado no ponto mais alto do Edifício Planalto, no Centro de São Paulo, e com vista de impressionar.

Sob curadoria do empresário Facundo Guerra (Cine Joia, Lions Nightclub, Z Carniceria, Riviera Bar e Bar Volt, e o extinto Vegas Club), rolam  festas temáticas e shows. O espaço funcionará às sextas-feiras (16h às 22h),  sábados e domingos (14h às 22h) até o fim de fevereiro, antes do Carnaval. Tem serviço de valet e acesso a cadeirantes.

Listas – Apesar de não ter taxa de cobrança para a entrada, é necessário colocar o nome numa lista disponível na página do Facebook do bar, na aba “Listas”. Aberta sempre às segundas, elas liberam acesso à programação do fim de semana seguinte. Mas há avisos, dizendo que o fato de colocar o nome na lista não garante a entrada no evento. O lugar acomoda 99 pessoas.

[alert type=”info”]  Ontem, muita gente reclamou das listas abertas, que minutos depois já estavam lotadas. A marca explica que o procedimento de lista foi criado para que a capacidade de lotação seja respeitada. [/alert]

Serviço – Heineken Up on the Roof @ Terraço do Edifício Planalto[list type=”Serviço“]
[li]Sexta-feira, das 16h às 22h; sábado e domingo, das 14h às 22h[/li]
[li]Capacidade: 99 pessoas[/li]
[li]Entrada: gratuita (só com nome na lista)[/li]
[li]Aceita cartões de crédito e débito.[/li]
[li]Ar-condicionado: Não[/li][/list]

[hr]

Programação: escolha um fim de semana!

[tabs]
[tab title=”Sexta-feira (31 de janeiro)“]AD FERREIRA – Músico, DJ, diretor de arte e designer gráfico de moda, ele acredita que não tem um estilo musical definido, mas as festas em que costuma discotecar são embaladas por música eletrônica, que passa também por MPB, samba, latinidades.[/tab]
[tab title=”Sábado (1 de fevereiro)“] FREE BEATS – Idealizado e produzido por Mauro Farina, Caio Fazolin e Rizza Bonfim, o projeto é itinerante e, geralmente, ocorre em lugares abertos. O estilo vai de clássicos do samba-rock , passando por novidades do dub step, bass music e tendências globalísticas.[/tab]
[tab title=”Domingo (2 de fevereiro)“] SELVAGEM – O projeto é idealizado pelos jornalistas e DJs Millos Kaiser e Augusto Trepanado e tem como principal casa, o famoso Paribar, aos domingos, bar que fica na Praça Don José Gaspar, no centro, e anima multidões ao som de disco e house.[/tab][/tabs][hr][tabs][tab title=”Sexta-feira (7 de fevereiro)“]Marina Diniz – A cantora já tocou nos principais clubes da cidade e after-parties de famosos como Elton John, Bono Vox, Red Hot Chilli Peppers entre outros[/tab]
[tab title=”Sábado (8 de fevereiro)“]SOULSET – Festa itinerante voltada para ritmos dançantes, que mescla soul, batidas eletrônicas e nu-disco.[/tab][tab title=”Domingo (9 de fevereiro)“]FESTA MAIS – O projeto que tem entre os promoters e DJs residentes Paola de Orleans e Bragança, Serginho Amorim e Well Deep, acontece duas vezes ao mês na cobertura do Tivoli Mofarrej em São Paulo, aos domingos. No som, deep house, house e anos 80 e 90.[/tab][/tabs][hr][tabs][tab title=”Sexta-feira (14 de fevereiro)“]Marina Diniz – A cantora já tocou nos principais clubes da cidade e after-parties de famosos como Elton John, Bono Vox, Red Hot Chilli Peppers entre outros[/tab][tab title=”Sábado (15 de fevereiro)“] VOODOOHOP – Com clima hedonista, a Voodoohop se estabeleceu em São Paulo há três anos, tornando-se uma das principais festas da cidade, sob o comando de Thomas Haferlach.[/tab][tab title=”Domingo (16 de fevereiro)“] METANOL FM – A Metanol é um coletivo que tem como principal objetivo divulgar e disseminar uma nova cena eletrônica. Formada por seis seletores musicais (Akin, MJP, Oh!Mussi, Seixlack, Soul One e Vekr) e um seletor visual (U-rso), a Metanol é tida como um dos epicentros da música de vanguarda, incentivando novas formas de uso do espaço público e criando conexões entre a produção musical nacional e o restante do mundo.[/tab][/tabs][hr][tabs]
[tab title=”Sexta-feira (21 de fevereiro)“]Marina Diniz – A cantora já tocou nos principais clubes da cidade e after-parties de famosos como Elton John, Bono Vox, Red Hot Chilli Peppers entre outros[/tab]
[tab title=”Sábado (22 de fevereiro)“] TAMBOR – Projeto de esquisitices sonoras, que mescla reggae, reggaeton, dubstep e música latina, sob os olhos do artista Hugo Frasa.[/tab][tab title=”Domingo (23 de fevereiro)“] CALEFAÇÃO TROPICAOS – O projeto é um desdobramento do coletivo Voodoohop, atuante desde 2010, com ênfase na cultura popular brasileira. Ita Uchoa, promoter e DJ residente, promove a festa itinerante, geralmente aos sábados e domingos, à tarde. No som, música latina, cumbia remixada e brasilidades.[/tab][/tabs][hr]

1618526_494882163964323_586370884_n

Talvez você também goste...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *